Montar HDDentão partições através de um terminal é o que vai te permitir entrar na unidade.

O que preciso saber para montar HDDS no Linux?

A primeira coisa que você deve saber é que uma das principais atividades quando você usa o sistema operacional Linux é ativar novos discos rígidos, para que estejam disponíveis quando você precisar deles.

É verdade que, apesar de existir apenas um disco rígido fisicamente, as partições são consideradas como discos independentes, onde cada um inclui também uma unidade.

Por esta razão, existem atualmente três tipos de partições: o primário, lógico e estendido.

Assim tendo o exposto acima claro, continuamos com o tópico principal. A montagem do HDSS no Linux é o processo necessário para que você tenha a possibilidade de entrar na unidade e, desta forma, trabalhar nela.

O processo para montar partições no Linux é bem simples, e é através da linha de comando, porém, é importante que você veja as partições do disco antes de montá-las. A seguir, deixamos os passos a seguir para realizá-lo:

  • Antes de montar uma partição você deve validá-la, para isso você usa o comando »Lsblk».
  • O resultado mostra as partições que estão no sistema.
  • Além disso, você pode ver toda a estrutura que o Linux usa para organizar suas partições, e são elas: sda, sdb e sdc. Lembre-se de que SD significa Serial Device.

Monte HDDs através de um terminal

  • A primeira coisa a ter em mente é que todos os comandos que você vai executar devem estar usando o sudo ou logado como root.
  • Você tem que criar uma pasta onde você vai montar a partição. Geralmente, recomenda-se que seja /mídia/temp.
  • É importante conhecer os HDDs e partições que existem no sistema, para isso você deve utilizar o comando fdisk -I, e é executado em um terminal.
  • Depois de saber a partição que deseja montar, tudo o que você precisa fazer é usar o comando »montar», e você o define colocando (/dev/sdb1), além disso, você identifica a pasta (/mídia/temperatura/)
  • Então seria "montar /dev/sdb1/media/temp".
  • Se você quiser ter certeza de que é o conteúdo da partição, basta listá-lo em /mídia/temp/ e pronto.
  • Lembre-se de que muitos sistemas pedem que você especifique o tipo de arquivo que ele possui e, para isso, você deve usar o -t. Você coloca mount -t vfat /dev/sdb1/media/temp.

Monte HDDs no Linux com Udisk

Udisk é outro dos comandos usados ​​para montar partições no Linux, e também permite realizar diferentes atividades em discos rígidos.

  • O comando que você deve escrever é udisksctl.
  • Portanto, caso você queira montar a partição sdb1, o que você deve fazer é escrever o seguinte: udisksctl mount -b /dev/sdb1
  • Então na última linha você deve colocar o caminho correto, ou sdb2, sdb3...
  • Você pode montar imagens colocando: arquivo udisksctl loop-setup-rf.iso. Desta forma, a imagem é reconhecida como um dispositivo e »-r» não permite que os dados sejam editados.
  • Digitando »Isblk», você pode ver a participação que configurou e verificar a eficácia do processo.

Por Escrita